Sertã - Já estreou "Patrick", filme de Gonçalo Waddington filmado no concelho (com trailer) - Circo Natureza

pub

02/09/2020

Sertã - Já estreou "Patrick", filme de Gonçalo Waddington filmado no concelho (com trailer)


“Patrick” é o nome da primeira longa-metragem de Gonçalo Waddington, que estreou em Portugal a 23 de julho e cuja maior parte dos cenários foi filmada na Sertã, de onde o ator e realizador tem familiares.

Em entrevista ao site "NiT", Gonçalo Waddington revela que houve duas razões para ter escolhido a Sertã como cenário do filme: "A primeira porque algo me dizia que nesta história o protagonista tinha de ser de uma aldeia do interior. O isolamento interessava-me. (...) A segunda razão é que tenho muita família na Sertã, passei lá toda a minha infância e tenho ligações fortes àqueles décors. Conheço aquelas árvores, aqueles telhados, aquele pôr do sol, aquele rio, aquele cheiro. É uma das coisas boas do cinema. Às vezes estamos a ver um plano...".

Ainda no âmbito de "Patrick", a RTP transmitiu a 16 de agosto um documentário de Rui Pedro Tendinha sobre o filme, que visitou os locais de rodagem e entrevistou os principais intervenientes. "O Outro Lado de Patrick" pode ser visto ou revisto aqui.

O filme tem como protagonista um jovem que se identifica como Patrick (Hugo Fernandes), uma figura misteriosa e estranha, de poucas palavras. Vive em Paris com o seu parceiro, com quem mantém uma relação ambígua e distante, tal como com tudo o que o rodeia. Assombrado por uma instabilidade emocional latente, durante uma festa Patrick descontrola-se e ataca uma jovem rapariga, sendo só dominado pela chegada da policia. É nesse momento que descobrimos que Patrick é na realidade Mário, um cidadão português que desapareceu vários anos antes, ainda enquanto criança, na região da Sertã.

Essa constatação faz com que lhe permitam voltar para a vila da Sertã, em Portugal, onde vive a família. Agora, tantos anos volvidos sobre o seu rapto, nada é como dantes. Mário perdeu a inocência dos seus oito anos; a família, por seu lado, ficou irremediavelmente destruída pelo desgosto. A grande dificuldade para este jovem, que neste tempo se foi adaptando às circunstâncias, será recriar laços com os familiares e gerir as discrepâncias entre a vida na capital francesa e o meio rural de onde provém e que agora é novamente a sua casa.


Sem comentários: