Médio Tejo - Festival Manobras com espectáculos em Abrantes, Alcanena e Tomar

© Companhia PIA

A quarta edição do Manobras – Festival Internacional de Marionetas e Formas Animadas arrancou em setembro com espetáculos a decorrer em 15 concelhos, num novo modelo que inclui temporadas de outono e de primavera.

Esta edição é repartida em dois momentos: um decorre de setembro a 31 de outubro, com 27 apresentações em Abrantes, Alcanena, Barreiro, Montemor-o-Novo, Moita, Montijo, Palmela, Pombal, Sesimbra, Sobral de Monte Agraço e Tomar; outro acontece na primavera, com programação nestes e noutros três municípios.

Para a temporada de outono foram selecionados espetáculos “mais facilmente ajustáveis às regras de segurança”, cumprindo o distanciamento entre o público e entre espectadores e artistas, “com lotações mais reduzidas”, refere a Artemrede.

Como habitualmente, o festival desenvolve-se em sala mas também em espaços não convencionais, como bibliotecas, museus, praças, jardins e largos, “tendo em conta todas as normas de segurança”.

O programa contempla propostas que, tendo nascido antes da pandemia, se enquadram neste tempo, e que podem ser encaradas já como “reflexo de medos, anseios e preocupações que vêm de antes”.

É o caso de “O2”, da companhia PIA, sobre desafios ambientais e um mundo distópico sem oxigénio, ou o alerta sobre manipulação quotidiana da opinião pública, tema tratado em “Manusear”, do Projeto EZ.

Programação em Abrantes, Alcanena e Tomar

Abrantes

17 de outubro
Parque Tejo, Rossio ao Sul do Tejo - 21h00
(entrada livre, mediante levantamento de bilhete no Welcome Center)
Sinopse: A deambulação, a itinerância deste espetáculo de rua, pretende fazer alusão à universalidade e transversalidade do tema: todos somos manipulados, todos podemos desenvolver a nossa consciência. Esse sentido que tanto nos tem comunicado e que nós tanto teimamos em não ouvir. Manusear: o percurso para uma nova realidade.

Alcanena 

24 de outubro
Cine-Teatro São Pedro - 21h30
(entrada livre)
Sinopse: "Arabesco" é um espetáculo que aborda o universo de Edgar Allan Poe em questões como a vida e a morte, a intensidade e excentricidade de personagens à procura de emoções, o limbo entre a insanidade e a clareza de pensamentos, a difícil distinção de ambos, com marionetas e atores num espaço denso, onírico e poético.

Tomar 

17 de outubro 
Mouchão Parque - 17h00 
(entrada gratuita, mediante levantamento de bilhete, disponível uma hora antes no local)
Sinopse: "O2" trata-se da nova produção da Companhia PIA, uma performance que, através das linguagens do Teatro Físico e das Formas Animadas, convida o espectador a uma reflexão sobre como poderia sobreviver uma sociedade, onde a tecnologia desvanece as relações humanas e o acesso ao oxigénio se torna um luxo.

31 de outubro
Centro Cultural da Levada - 21h30
(M/12 | 45 min. | 3€)
Sinopse: "Arabesco" é um espetáculo que aborda o universo de Edgar Allan Poe em questões como a vida e a morte, a intensidade e excentricidade de personagens à procura de emoções, o limbo entre a insanidade e a clareza de pensamentos, a difícil distinção de ambos, com marionetas e atores num espaço denso, onírico e poético.

Comentários