Tomar - "Cem Soldos Habita a Rua" com concertos, percursos artísticos, passeios interpretativos e oficinas - Circo Natureza

pub

22/08/2020

Tomar - "Cem Soldos Habita a Rua" com concertos, percursos artísticos, passeios interpretativos e oficinas

© Carlos Manuel Martins

Ao longo do mês de agosto, em que estava prevista a realização da 11.ª edição do Bons Sons, o SCOCS organiza a iniciativa "Cem Soldos Habita a Rua", que envolve os habitantes da aldeia, tendo em vista a preparação do festival do próximo ano, e com uma programação online dedicada a todos.

Nos dias 14, 15, 22 e 29 de agosto, realizam-se concertos em live streaming, uma exposição de fotografia, projeções de vídeo nas paredes da aldeia, pré-apresentação de um livro dedicado a Cem Soldos, uma conversa, um percurso artístico, passeios interpretativos de biodiversidade, bem como oficinas de fotografia, de design gráfico e de costura, e um mercado de trocas.

Em termos musicais, com transmissão online, realizam-se os concertos de André Henriques, Bia Maria e The Real Beavers, através das redes sociais do Bons Sons, a partir de locais desconhecidos por parte das pessoas que costumam habitar as ruas de Cem Soldos por esta altura do ano.

Programação online | Concertos de Bia Maria, The Real Beavers e André Henriques

No dia 15 de agosto, às 19h00, Bia Maria, nascida e criada em Ourém, apresenta canções de Mal Me Queres, Bem Te Quero, coletânea que marca a sua estreia, e que tem tanto de terra-a-terra como de sonhadora, com melodias que têm origem no fado, no pop, na bossa nova e no canto popular.

No dia 22 de agosto, às 19h00, The Real Beavers – formados em Tomar, em 2014 – são Bill Rivers (voz), Hugo Minds (guitarra), João Faria (baixo) e Flávio Filipe (bateria) que, depois de dois álbuns lançados em 2017 e 2018, deram a conhecer, este ano, o mais recente EP, Watch It Burn. Desde sempre, assumem-se, acima de tudo, como uma banda de rock and roll, com variados elementos de outros estilos de música.

A fechar o programa musical, no dia 29 de agosto, entra em cena, também às 19h00, André Henriques, vocalista de Linda Martini, que este ano lançou o disco de estreia a solo, Cajarana. Segundo as suas palavras, “é um disco de impulso que quer expôr a fragilidade das canções, como se elas exigissem o cuidado de quem escuta para não se partirem antes de chegar ao fim”.

Os três concertos são transmitidos em live streaming no Facebook e YouTube do Bons Sons.

Haverá ainda transmissões online, em datas a anunciar, da conversa A Cultura Pode Ser uma Aldeia?, em parceria com o Gerador, e da pré-apresentação do novo livro de José Gonçalves, dedicado a Cem Soldos, acompanhada pela exposição de fotografias da autoria de Simão Costa, Lembra-me, enquanto sentes (a partir do livro de José Gonçalves). A exposição realiza-se nos dias 15, 22 e 29 de agosto, com lotação condicionada, de forma a respeitar as distâncias de segurança, sendo obrigatório o uso de máscara e desinfeção das mãos à entrada.

André Henriques apresenta "Cajarana" © Joana Linda

Programação com pré-inscrição obrigatória 

O programa "Cem Soldos Habita a Rua" tem início a 14 de agosto, às 19h00, com a realização de um passeio por bosques de carvalhos - O que Escondem os Carvalhais? - em parceria com a associação 30POR1LINHA, no âmbito do programa Ciência Viva no Verão.

Também em parceria com a 30POR1LINHA, no dia 15 de agosto, às 9h00, realiza-se o passeio interpretativo Vem Viver a Biodiversidade da Aldeia.

Neste dia, há ainda uma oficina de costura e de produto, tendo em vista os trabalhos preparatórios dos produtos de merchandising do Bons Sons 2021 e uma exposição noturna com projeções, nas paredes da aldeia, de imagens em vídeo alusivas a edições anteriores do festival. Esta exposição acontece, igualmente, nos dias 22 e 29 de agosto.

No dia 22 de agosto, Ana Bento e Bruno Pinto regressam à aldeia para repetir, agora para os habitantes, o percurso artístico Cem Soldos, Por Detrás do Bons Sons, onde são reveladas diversas histórias e partilhados segredos da aldeia.

É também este o dia destinado ao 3.º Mercado de Trocas de Cem Soldos, onde os participantes podem dar, trocar ou vender a baixo preço (através de Soldos, à venda no local) todo o tipo de bens: vestuário, produtos hortícolas e alimentares, livros, brinquedos, e qualquer outro produto em bom estado.

Nos dias 22 e 29 de agosto, tem lugar a oficina de fotografia Descobrir a Aldeia, para participantes a partir dos 12 anos, desenvolvida em parceria com o Centro de Estudos em Fotografia de Tomar, CEFT - Casa dos Cubos, sob orientação de António Ventura, professor de Fotografia no Instituto Politécnico de Tomar.

Por último, no dia 29 de agosto realiza-se a oficina de criação gráfica, com trabalhos preparatórios para a imagem do BONS SONS 2021, com envolvimento da comunidade.

Todas as atividades são gratuitas e, dadas as circunstância atuais, a entrada e a lotação são muito reduzidas, sendo obrigatória a inscrição prévia no SCOCS, pessoalmente ou através do e-mail geral@scocs.pt. É dada prioridade aos habitantes de Cem Soldos.

Bilhetes para edição de 2021

Os bilhetes para a próxima edição do Bons Sons, que acontece de 12 a 15 de agosto de 2021 - estão à venda por 45€ (passe geral) no SCOCS, no site do festival, na rede Ticketline e nos CTT. Os bilhetes já adquiridos para este ano, são automaticamente válidos para as novas datas, não sendo necessário efetuar qualquer troca.

Sem comentários: