Alcanena - Município tem sete categorias nomeadas às 7 Maravilhas da Cultura Popular - Circo Natureza

17/04/2020

Alcanena - Município tem sete categorias nomeadas às 7 Maravilhas da Cultura Popular

Na sequência da candidatura apresentada pelo Município de Alcanena, foram atribuídos ao Município os Selos de Nomeados enquanto candidatos à edição das 7 Maravilhas da Cultura Popular® a decorrer em de 2020.

As candidaturas apresentadas pelo Município de Alcanena foram as seguintes:
Artesanato - Trabalhos em Bunho;
Lendas e Mitos - Moura do Alviela;
Festas e Feiras - Festas Cívicas de Vila Moreira;
Músicas e Danças - Hino Mantas da Nossa Terra (Sociedade Musical Mindense);
Rituais e Costumes - Jogo do Pau (Casa do Povo de Espinheiro);
Procissões e Romarias  - Quinta-feira da Ascensão, Romaria a Santa Marta e Alviela
Artefactos - Fabrico Vela de Cera de Abelha.

Os candidatos serão votados por cada um dos 18 distritos e duas regiões autónomas, com 20 programas, em direto, na RTP, a realizar nos meses de julho e agosto. Nesta fase, haverá 7 candidatos por distrito e regiões autónomas, num total de 140 patrimónios candidatos. Em cada programa será apurado um pré-finalista que passa às semifinais.

Haverá ainda um programa de repescagem, em que os 20 segundos classificados nas eliminatórias regionais serão submetidos a nova votação para apurar os 8 mais votados, que se irão juntar aos pré-finalistas.

Os 28 pré-finalistas serão divididos, por sorteio, em duas semifinais, sendo que em cada uma delas serão apurados os 7 patrimónios mais votados. As semifinais e a Gala Final serão apresentadas em direto, na RTP 1, por Catarina Furtado e José Carlos Malato, que voltam a ser os anfitriões e embaixadores das 7 Maravilhas.

De referir que, desde 2007, as 7 Maravilhas “divulgam e comunicam os valores positivos de uma Identidade Nacional forte”, sendo que a eleição das 7 Maravilhas “permite a criação de roteiros turísticos que exploram o melhor que um país tem para oferecer, tanto para os turistas nacionais como para os internacionais”.

Sem comentários: