Abrantes - "Eliete" apresentado pela voz da sua criadora, a escritora Dulce Maria Cardoso - Circo Natureza

21/01/2019

Abrantes - "Eliete" apresentado pela voz da sua criadora, a escritora Dulce Maria Cardoso


A escritora Dulce Maria Cardoso é a convidada da próxima sessão de “Entre nós e as palavras” que terá lugar na Biblioteca Municipal António Botto, em Abrantes, no dia 24 de janeiro, às 21h30. A apresentação inicial do livro "Eliete" (Tinta da China) estará a cargo de Paula Valamatos dos Reis.

"Eliete" é o novo romance de Dulce Maria Cardoso, sete anos depois do sucesso de "O Retorno", o livro que pôs Portugal a falar pela primeira vez sobre os retornados, o maior tabu da sua história recente. 

"Eliete" é um romance construído em torno da protagonista homónima, e é o seu mundo que Dulce Maria Cardoso apresenta agora aos leitores. Estar a meio da vida é como estar a meio de uma ponte suspensa, qualquer brisa a balança. A vida da Eliete vai a meio e, como se isso não bastasse, aproxima-se um vendaval. Mas este é ainda o tempo que será recordado como sendo já terrivelmente estranho, apesar de ninguém dar conta disso. Porque tudo parece normal. Deus está ausente ou em trabalhos clandestinos. De tempos a tempos, a Pátria acorda em erupções festivas, mas lá se vai diluindo. E a Família?

Dulce Maria Cardoso nasceu em Trás-os-Montes, em 1964. Licenciou-se em Direito pela Faculdade de Direito de Lisboa, escreveu argumentos para cinema e contos. Publicou em 2001 o seu romance de estreia, "Campo de Sangue", Grande Prémio Acontece, escrito na sequência de uma bolsa de criação literária do Ministério da Cultura. Desde então publicou os romances "Os Meus Sentimentos" (2005), prémio da União Europeia para a Literatura, "O Chão dos Pardais" (2009), prémio Pen Club, e "O Retorno" (2011). É autora de duas antologias de contos: "Até Nós" (2008) e "Tudo São Histórias de Amor" (2014).

Sem comentários: