Abrantes - "Entre nós e as palavras" com o escritor José Riço Direitinho


O escritor José Riço Direitinho é o convidado da próxima sessão de “Entre nós e as palavras” que terá lugar na Biblioteca Municipal António Botto, em Abrantes, no dia 25 de outubro, às 21h30. A apresentação inicial do livro "O escuro que te ilumina" estará a cargo de Sónia Pedro.

A narrativa do livro centra-se em Lisboa, a cidade onde ninguém dorme. "Nem o narrador desta história surreal. A sua janela dá para a fachada de um edifício de apartamentos de cujos habitantes imagina a vida sexual (até se apaixonar por uma vizinha). Porém, quando começa a investigar a vida real dessas pessoas – e dessas mulheres -, percebe que a sua imaginação é demasiado pobre em comparação com a realidade."

José Riço Direitinho nasceu em Lisboa, em 1965. Começou a escrever ficção ainda adolescente e a publicar pequenas histórias no suplemento “jovem” do Diário de Noticias. Estreou-se nos livros em 1992 com a publicação de A casa do fim (uma coletânea de contos), a que se seguiram os romances Breviário das más inclinações (1994) e O relógio do cárcere (1997).

Publicou ainda os livros de contos Histórias com cidades (2001) e Um sorriso inesperado (2005). Os seus livros estão traduzidos em alemão, castelhano, holandês, italiano e árabe. Tem, ainda, histórias traduzidas em coreano, húngaro, inglês, francês e romeno. Atualmente é colaborador da Ler e crítico literário no jornal Público.

A iniciativa “Entre nós e as palavras” tem entrada gratuita e é aberta a toda a população.

(créditos fotográficos: Público)

Comentários