Torres Novas - Mário Laginha, Sean Riley & The Slowriders, Teatro do Elétrico e Teatro D. Maria II na nova agenda do Teatro Virgínia - Circo Natureza

pub

09/01/2018

Torres Novas - Mário Laginha, Sean Riley & The Slowriders, Teatro do Elétrico e Teatro D. Maria II na nova agenda do Teatro Virgínia

Mário Laginha Trio, Sean Riley & The Slowriders, Joana Gama, Teatro do Elétrico e Teatro D. Maria II são os destaques da programação do Teatro Virgínia, em Torres Novas, para os meses de janeiro, fevereiro e março.

Raquel André abre a temporada do Teatro Virgínia, no dia 13 de janeiro, com o espetáculo “Colecção de Colecionadores”. Nesta peça de teatro, a criadora e atriz desvendará a sua coleção de colecionadores, que já conta com 30 membros…

“Saia de Roda”, da autoria de Ana Lúcia Palminha, Maria João Castelo e Suzana Branco, sobe ao palco do Teatro Virgínia nos dias 18 e 19, destinado às escolas, e no dia 20 de janeiro, para as famílias. “Viajando pelo nosso país descobrimos tantas formas de festejar, de tocar música, de dançar que nos apetece inventar esta festa inspirada em coisas simples que vêm da natureza ou das gavetas antigas, mas que só acontecem se todos dermos um bocadinho de nós.”

O músico Mário Laginha regressa ao Virgínia, desta vez em trio, com Bernardo Moreira no contrabaixo e Alexandre Frazão na bateria. O espetáculo acontece no dia 27 de janeiro, às 21h30, e os bilhetes têm o preço de 10€ (com descontos).

Em fevereiro, a programação da sala de espetáculos começa com uma peça do Teatro do Eléctrico, no dia 3. “Karl Valetin Kabarett” cruza várias peças curtas de Karl Valentin com músicas de repertório popular alemão do início do século XX, cantadas ao vivo em alemão pelos onze atores e um cantor lírico, acompanhados de uma orquestra de dez elementos.

O teatro dá lugar à música, no dia 10 de fevereiro, com um concerto de White Haus. João Vieira está por trás deste projeto iniciado em 2013 e que conta com dois discos editados. Em Torres Novas, o músico apresentará o mais recente CD “Modern Dancing”, lançado em 2016.

A 17 de fevereiro retoma-se o Lab Criativo, com o Teatro Praga a “cozinhar” de um modo muito especial o texto de Shakespeare, “Romeu & Julieta”. Para terminar este mês, o Teatro Virgínia recebe, no dia 24, a dança aliada à multimédia num espetáculo criado por Né Barros e João Martinho Moura – “Co: Lateral”.

Março começa com a música dos Sean Riley & The Slowriders, no dia 3. Depois de 3 anos afastados dos palcos para prosseguirem projetos paralelos, 2015 marca o regresso aos palcos e 2016 o regresso aos discos de originais, com o lançamento do álbum homónimo “Sean Riley & The Slowriders”. Dili, Greetings e Gipsy Eyes são os singles de apresentação deste álbum.

A dança do c.e.m. – Centro em Movimento sobe ao palco no dia 10. Joana Gama apresenta um recital de piano comentado, em dois momentos diferenciados, primeiro “Eu Gosto Muito do Senhor Satie”, para público escolar, e em segundo, “I love Satie”, para o público em geral (17 de março). O Teatro Virgínia comemora o Dia Mundial do Teatro, a finalizar a primeira agenda do ano, com a presença do Teatro Nacional D.Maria II e a peça de Tiago Rodrigues, “António e Cleópatra” no dia 24. Neste espetáculo que Tiago Rodrigues escreve e dirige, Sofia Dias e Vítor Roriz são a dupla aqui-e-agora do que eles foram ali-e-então. São e não são António e Cleópatra. São o António a ver o mundo pelos olhos da Cleópatra. E vice-versa. Sempre vice-versa. Vice-versa como regra do amor. Vice-versa como regra do teatro. Este espetáculo é ver o mundo através da sensibilidade das almas alheias de António e Cleópatra.

Os bilhetes para os espetáculos já se encontram à venda, na bilheteira do Teatro Virgínia e em www.bol.pt.

Sem comentários: