Sertã - Exposição "História do Parlamentarismo Português" patente na Casa da Cultura

A Casa da Cultura da Sertã terá patente, de 3 a 30 de novembro, a exposição "História do Parlamentarismo Português", composta por painéis com imagens dos locais mais emblemáticos da Assembleia da República, associados à história do parlamentarismo português.

A origem do Palácio de S. Bento (atual Assembleia da República) remonta a 1598, ano em que se iniciou a construção de um mosteiro beneditino na Quinta da Saúde. O arquiteto régio Baltasar Álvares foi o autor do projeto, continuado depois da sua morte por Frei Pedro Quaresma e por Frei João Turriano e nunca concluído na totalidade, dada a magnificência a que aspirava. Até 1834 o edifício pertenceu aos Frades Negros de Tibães e era conhecido por Mosteiro de S. Bento da Saúde, sendo sua padroeira Nossa Senhora da Saúde, cuja imagem existia no altar-mor da igreja conventual.
"História do Parlamentarismo Português" permitirá a descoberta de locais e funcionalidades da casa da democracia e identidade nacional, entre eles: a Sala do Senado, a Sala das Sessões dos Deputados, refeitórios dos monges e Salão Nobre, entre outros.

A exposição será inaugurada no dia 3 de novembro, às 15 horas, e pode ser visitda, de segunda a sexta-feira, das 9h00 às 17h30, e aos sábados, das 9h30 às 13h00 e das 14h00 às 17h30.

Comentários