Tomar - Feira de Santa Iria promove tradições e produtos locais - Circo Natureza

13/10/2016

Tomar - Feira de Santa Iria promove tradições e produtos locais


A tradicional Feira de Santa Iria, em Tomar, começa na próxima sexta-feira, dia 14, prolongando-se até 23 de outubro. Certame com um enorme peso na tradição local, e que atrai gente oriunda não só do concelho mas de toda a região, a Feira evoca a padroeira da cidade, Santa Iria, que a lenda diz ter sido martirizada junto ao Nabão e lançada ao rio.

Este ano mantém-se a aposta na divulgação dos produtores do concelho, com um espaço especialmente dedicado ao que de melhor se produz nas áreas do vinho, mel e azeite.

Também a produção local de frutos secos tem o seu espaço próprio, na tradicional Feira das Passas, que de há muito integra o certame.

Momento sempre marcante é aquele que acontece no dia 20 de outubro com a evocação do martírio de Santa Iria em que centenas de crianças lançam pétalas ao rio, num espectáculo de cor único e inesquecível. Será na quinta-feira, após a missa na igreja de S. João Baptista, às 10 horas, a que se seguirá a procissão, às 11, seguindo pela Rua Infantaria 15, Avenida Cândido Madureira e Rua Everard (Levada) até à Ponte Velha.

A Feira, decorrerá de segunda a quinta-feira, entre as 15 e as 24 horas; à sexta das 15 à 1 da manhã; ao sábado das 11 à 1 e ao domingo das 11 às 24 horas.

O programa de animação, a decorrer no claustro do Convento de S. Francisco, será o seguinte:

Sexta, dia 14, 21h00 - Banda Gualdim Pais

Sábado, dia 15, 20h30 – Rancho de Carregueiros; 21h30 - Rancho “Os Camponeses da Peralva”; 22h30 – Banda da SRM Pedreira

Domingo, dia 16, 16h00 – Rancho de Alviobeira; 17h00 - Rancho “Os Canteiros” da Pedreira; 18h00 - Rancho da Linhaceira

Quarta, dia 19, 22h00 – LODO

Quinta, dia 20, 10h00 – Missa na igreja de S. Maria dos Olivais; 11h00 – Procissão; 21h30 – espectáculo de variedades do 27º aniversário daRádio Cidade de Tomar

Sexta, dia 21, 21h00 - Banda Nabantina

Sábado, dia 22, 21h00 – Banda Payalvense Manoel de Mattos

Domingo, dia 23, 16h00 - Rancho “Os Camponeses” de Minjoelho; 17h00 - Rancho “As Lavadeiras” de Asseiceira

Para além dos divertimentos, dos vendedores de produtos diversos, e dos espaços dedicados a entidades e empresas do concelho, não faltarão também as habituais tasquinhas, da responsabilidade de colectividades locais, concentradas junto do restante espaço da Feira, na Várzea Grande.

Sem comentários: