Ouviu-se a metafonia - Madredeus em concerto - Circo Natureza

30/11/2009

Ouviu-se a metafonia - Madredeus em concerto

O palco foi pequeno para acolher dez músicos e os respectivos instrumentos. Os Madredeus estiveram em Abrantes e durante mais de duas horas tocaram para um público que me pareceu bastante agradado. O concerto teve lugar no Cine Teatro São Pedro, em Abrantes. Uma harpa, guitarra eléctrica, bateria, duas vozes, baixo, guitarra portuguesa, entre outros instrumentos fazem parte desta nova formação dos Madredeus.


Depois de Teresa Salgueiro ter abandonado o grupo, só restam da antiga formação Pedro Ayres Magalhães e Carlos Maria Trindade, que quiseram inserir novas sonoridades, ir por caminhos diferentes, dos tempos em que Rodrigo Leão fazia parte dos teclados. Depois de ouvir os dois discos, pensei que é caso para dizer "primeiro estranha-se, depois entranha-se". Para os puritanos percebo o quão difícil é ouvir estas novas músicas. Talvez o que o mentor Pedro Ayres Magalhães quisesse fazer com este novo projecto fosse elevar a sua música ao século XXI, inovar com a introdução da guitarra eléctrica e bateria. O resultado é discutível.

Pelo palco a banda passou em revista temas dos novos álbuns "Metafonia" e "A Nova Aurora" e canções mais antigas, como "O Pastor" e "Haja o que houver". Mariana Abrunheiro e Rita Damásio abrilhantaram a noite com as suas magníficas vozes, muito parecidas vocalmente com Teresa Salgueiro.

Vamos esperar pelos próximos registos discográficos da banda para saber para que caminhos evoluem. De qualquer das maneiras foi um excelente concerto, de boa música portuguesa.

Sem comentários: