Tomar - Livros, visitas guiadas, etnografia e muitas memórias no programa das Jornadas Europeias do Património

Entre os dias 27 e 30 de setembro, Tomar assinala as Jornadas Europeias do Património, que este ano têm como tema “partilhar memórias”.

Esta quinta-feira, dia 27, o Moinho da Ordem, no Complexo Cultural da Levada, acolhe, pelas 17h30, o lançamento do livro “Apresentação - Interpretação Patrimonial em Turismo” de Luís Mota Figueira e João Pinto Coelho.

Na sexta-feira, 28, entre as 15 e as 18 horas, decorrerá um Dia Aberto com visitas guiadas às escavações arqueológicas do futuro Hotel República, antiga loja Cambraia, à entrada da Praça da República.

No sábado, pelas 15h30, o Moinho da Ordem, recebe mais um lançamento de livro, desta vez "Cidades e territórios inteligentes, sustentáveis e inclusivos", do arquitecto Jorge Mascarenhas, com apresentação de David Justino. Seguir-se-á uma visita à Moagem A Nabantina.

No Convento de Cristo, em colaboração com o Município e com diversas entidades do concelho, as iniciativas começam na sexta-feira com uma visita ao monumento especialmente dirigida aos seniores (14h30), seguida de um “Chá com memórias” (16h00).

No sábado, pelas 11h30, realiza-se a sessão “A memória no ciclo de uma vida”, na qual, com a colaboração de técnicos de saúde da Associação de Saúde Mental do Médio Tejo, se irá refletir sobre a importância do papel da memória ao longo da vida, em especial na terceira idade.

Ainda no monumento, no domingo, pelas 11h30, o Rancho Folclórico de Linhaceira recupera a memória dos trajes, danças e cantares de há um século, a que se segue uma recriação do processo de abertura da escola daquela aldeia, no âmbito do Centenário das Escolas na Linhaceira.

O Convento de Cristo apresenta ainda um conjunto de outras iniciativas próprias, entre as quais uma Aula Aberta no Laboratório de Conservação e Restauro de Materiais Pétreos (sexta, 10h00-12h30 e 14h00-16h30); visita guiada ao monumento (sexta, 11h00); workshop “Tempo de Memórias” (sábado, 10h30); palestra "Partilhar Memórias do Convento de Cristo", imagens comentadas pelo historiador Ernesto Jana (sábado, 15h30); visita especial ao Castelo dos Templários (sábado, 16h30); e concerto no terreiro da igreja pela Banda Filarmónica Payalvense Manoel de Mattos (sábado, 18h00).

No domingo haverá ainda animação e recriação histórica, com um “Acampamento medieval no Castelo dos Templários” que integra demonstrações de esgrima, arco histórico e danças medievais (entre as 10 e as 16 horas); bem como uma visita guiada às 10 horas.

Todas as iniciativas são gratuitas.

Comentários